Dirigente discute com Neymar e Marquinhos em intervalo de jogo do PSG

esportes

Uma discussão entre o diretor esportivo do Paris Saint-Germain, Luís Campos, com alguns atletas do elenco esquentou os bastidores do time durante o intervalo do duelo com o Monaco, sábado (11), pelo Campeonato Francês. De acordo com o jornal L’Équipe, o dirigente teria cobrado mais empenho e agressividade do grupo em campo, o que desagradou os brasileiros Neymar e Marquinhos.

Os jogadores brasileiros, que são líderes do elenco do PSG, teriam se irritado com a cobrança em público do cartola antes do retorno o time para a segunda etapa daquela partida. Ainda segundo o jornal francês, os jogadores teriam discutido em voz alta com Luís Campos tão logo ele insinuou ‘corpo mole’ na equipe.

As cobranças do diretor esportivo se deram por causa dos últimos resultados negativos do time francês. No meio da semana, contra o Olympique de Marselha, o PSG sofreu derrota por 2 a 1 e foi eliminado nas oitavas de final da Copa da França.

Até Luís Campos intervir no vestiário, como contou o jornal, a equipe do técnico Christophe Galtier estava perdendo por 2 a 0. O jogo terminou com 3 a 1 para o adversário em jogo válido pelo Francês Ou seja, Neymar e Marquinhos ficaram revoltados, mas não conseguiram dar a resposta em campo.

O próximo compromisso do PSG é contra o Bayern de Munique pelas oitavas de final da Liga dos Campeões nesta terça-feira (14), às 17h (horário de Brasília). Messi e Mbappé, machucados, devem voltar ao time. Nesta temporada, o PSG admitiu que Neymar estava à venda, mas o jogador se valeu de uma cláusula no seu contrato e o esticou por mais um ano, inviabilizando ainda mais o rompimento do acordo.

Após o fracasso na Liga dos Campeões passada e da nova troca de técnico e comando esportivo, com a saída de Leonardo, o dono do clube francês prometeu mudanças em seu projeto de tornar o PSG o melhor time da Europa. Em princípio, essa mudança passaria pela saída de Neymar do elenco. Messi, cujo contrato termina em maio, também ainda não sinalizou seu futuro. Há conversas no sentido de ele voltar ao Barcelona, onde fez toda a sua vida esportiva.

matéria-completa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *