"Xarope para tosse" de 1900 assusta a Internet com ingredientes bizarros

“Xarope para tosse” de 1900 assusta a Internet com ingredientes bizarros

curiosidades

Durante os anos 1900, as práticas médicas eram muitas vezes duvidosas, muitas vezes envolvendo o uso excessivo de drogas potentes para tratar uma ampla gama de doenças. Cocaína e opioides eram remédios comuns, embora sua eficácia seja discutível, por exemplo.

Um exemplo particularmente notório é o “One Night Cough Syrup”, ou algo como “Xarope para tosse de uma noite” do final do século 19, que recentemente ganhou atenção online devido aos seus ingredientes controversos.

Este xarope para tosse continha uma mistura de 1% de álcool, cannabis, clorofórmio e morfina. Destinava-se a proporcionar alívio para aqueles que lutavam com uma noite de sono perturbada.

Produzidos pela Kohler Manufacturing a partir da década de 1880, esses xaropes eram comuns ao longo dos anos 1900. Esta garrafa em particular foi fabricada depois de 1906, em conformidade com a Lei de Alimentos e Drogas de 1906 dos EUA, que visava impedir a distribuição ilegal de alimentos e bebidas nos Estados Unidos.

Embora a mistura possa parecer chocante para as sensibilidades modernas, era bastante comum para remédios para tosse na época. Morfina, heroína e outros derivados da papoula eram usados para aliviar a dor e suprimir a tosse.

Acreditava-se que o clorofórmio aliviava a tosse e induzia à sonolência (potencialmente demais), enquanto o álcool e a cannabis serviam para aliviar o desconforto e promover o sono.

À medida que os regulamentos sobre opioides se tornavam mais rígidos e surgiam preocupações sobre a associação do clorofórmio com parada cardíaca e câncer, os xaropes para tosse passaram por mudanças significativas no final do século 20.

As descobertas do FDA em 1976 levaram à descontinuação do uso do clorofórmio, levando a uma mudança substancial na composição desses remédios.

matéria-completa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *